notícias

Sinaflor: dados indicam ampla adesão dos estados ao Sistema

O Sistema Nacional de Controle da Origem dos Produtos Florestais (Sinaflor) vem sendo plenamente usado pelos estados para emissão das autorizações de Manejo Florestal, Supressão de Vegetação, Uso Alternativo do Solo, Corte de Árvores Isoladas e Utilização de Matéria-prima Florestal.

Dados do sistema apontam que foram homologados 5.224 empreendimentos desde que o uso do Sinaflor se tornou obrigatório, em 2 de maio de 2018. Cerca de 2,5 mil projetos estão em tramitação em diversos órgãos ambientais e 942 autorizações foram emitidas pelo sistema nacional.

O Ibama realiza capacitações presenciais sempre que há solicitação dos órgãos competentes. Neste ano, 420 empreendedores, consultores e servidores do Instituto e de órgãos estaduais e municipais de meio ambiente receberam treinamento em Rondônia, Paraná, Paraíba, Alagoas e Roraima para uso do Sinaflor. 

Em fevereiro, o Ibama inaugurou plataforma de Ensino a Distância (EaD) para capacitar novos operadores. Ao realizar o cadastro no site do Instituto o interessado tem acesso a manuais, apostilas, videoaulas, fórum de notícias e chat com outros alunos, entre outros recursos de aprendizagem.

A obrigatoriedade de um sistema nacional integrado para a gestão florestal no país foi estabelecida pela Lei 12.651/2012. O Sinaflor controla a origem da madeira, do carvão e de outros produtos e subprodutos florestais, rastreando autorizações de exploração, transporte, armazenamento, industrialização e exportação.

Mais informações:

Plataforma de Ensino a Distância Sinaflor

Fonte: www.ibama.gov.br/noticias/730-2019/1908-sinaflor-dados-indicam-ampla-adesao-dos-estados-ao-sistema

Deixe seu comentário...

%d blogueiros gostam disto: