curiosidades

Tudo sobre a reprodução da vaca

A vaca é um animal muito conhecido por todos nós.  Além do animal, os produtos que a vaca produz direta ou indiretamente também são muito conhecidos e principalmente consumidos ao redor de todo o mundo.

Quando falamos em consumo humano automaticamente estamos falando em otimização da produção e produção em cadeia para manutenção de todo o sistema produtivo.

Quando pensamos no processo reprodutivo da vaca quanto mais eficiente for, melhor será o seu rebanho e maior será a sua produção diária de leite.

A Reprodução Da Vaca

O processo reprodutivo deste animal é um tanto quanto longo e em cada gestação temos apenas um único filhote. Desta forma, a otimização do processo reprodutivo mantém a eficiência na produção de bovinos, aumentando a vida útil do animal bem como aumentar consideravelmente a sua produção com o nascimento de novos animais. Isso vale tanto para a reprodução oriunda do acasalamento ou inseminação artificial.

Um ponto importante no que diz respeito a gestação deste animal é a questão do pôs parto. Alguns criadores talvez um tanto quanto experientes não dão a devida atenção a vaca que acabou de dar à luz. Os cuidados após o nascimento do bezerro são extremamente importantes para que a vaca se torne apta a reprodução no menor tempo hábil possível, tornando a vida útil/reprodutiva do animal mais proveitosa do que de fato seria.

O uso das novas tecnologias no que diz respeito ao melhor aproveitamento e otimização reprodutiva vem sendo de grande valia também, principalmente quando analisamos o contexto econômico.

A Inseminação Como Tecnologia Aplicada

Há pouco tempo atrás a inseminação artificial era vista com ressalvas e havia muitas especulações sobre o seu uso. Contudo, a busca pela otimização do rebanho tem popularizado cada vez mais o uso deste método no processo reprodutivo de inúmeros animais, dentre eles os bovinos. A inseminação “in vitro” é diferente da inseminação artificial comumente utilizada para a reprodução de bovinos. No caso da inseminação “in vitro” o que ocorre é a fecundação do óvulo fora do corpo da futura mamãe e após este procedimento ele é introduzido no útero. No caso da inseminação artificial essa fecundação de óvulo ocorre dentro do corpo da fêmea, ou seja, são injetados espermatozoides no útero e eles partem para tentar fecundar o óvulo.

Muito produtores se utilizam da inseminação artificial de modo que possa otimizar o seu rebanho, tanto que o mercado de sêmen é a vertente de mercado de alguns produtores de touros (o touro é o macho da vaca não castrado utilizado unicamente para reprodução).

No Brasil as raças de touros mais utilizadas neste mercado são touro europeu e o zebuíno.

Quando Acasalar O Seu Animal

A vaca se torna apta para reproduzir a partir do primeiro cio do animal. Entretanto, estar no cio não dá ao animal condições precisas para uma gestação, é preciso que o criador leve outras coisas em consideração. Dentre elas podemos citar as condições gerais do animal, desde a sua saúde ao seu desenvolvimento físico.

Em média o cio se inicia quando o animal tem de quatro a vinte e quatro meses. Contudo, esse período pode ser alterado por inúmeros fatores, dentre eles a alimentação ofertada ao animal, problemas infecciosos nos órgãos reprodutores, dentre outros.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=2b8TDGzLJC4?feature=oembed&w=618&h=348]

Os touros começam a produzir sêmen já nos primeiros nove meses, todavia é aconselhável que você não utilize-o antes que o animal complete de um ano e meio a dois anos.

No caso da idade do animal, para touros novos adotando a monta livre (no caso da monta livre os animais são soltos juntos, tanto o macho quanto a fêmea e o acasalamento acontece de maneira natural) o indicado é que o touro seja colocado para fecundar apenas cerca de doze vacas.

Para touros mais velhos, em monta livre o animal pode cruzar com até cinquenta vacas. No caso da monta dirigida o touro pode cruzar com até cento e vinte animais.

Inseminação Artificial: O Que Você Precisa Saber?

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=_RPhyPsHBeY?feature=oembed&w=618&h=464]

A inseminação artificial é, como comentamos interiormente, o procedimento no qual são injetados no útero da fêmea espermatozoides que tentaram fecundar o óvulo. Para a retirada de sêmen o touro pode ser utilizado cerca de três vezes por semana, evitando todo e qualquer inconveniente para o animal. Nessa modalidade de reprodução é possível em um único ano que o touro fecunde mais de mil vacas. Para o produtor essa é uma ótima oportunidade de otimizar o rebanho em um curto período de tempo. Um rebanho otimizado tende a produzir uma quantidade maior de leite o que pode ser extremamente vantajoso para o criador.

É preciso destacar aqui que a nutrição do animal é crucial no que diz respeito ao seu período reprodutivo. Quando em período de reprodução a demanda por energia é muito maior e quando a alimentação não é capaz de fornecer, ocasionando um ciclo de baixos níveis de energia disponíveis o processo reprodutivo da fêmea pode ser severamente prejudicado.

O excesso de proteína na alimentação regular da vaca também pode prejudicar severamente a sua capacidade reprodutiva.

No caso do consumo de gossipol, é preciso que o criador não exagere, assim como altos níveis de proteína, o gossipol pode prejudicar a reprodução e o período reprodutivo do animal.

Sobre a maior disponibilização de energia talvez seja viável dispor de gordura de maneira moderada para que a vaca possa fazer o consumo.

Curiosidade Gestacionais

A gestação da vaca costuma variar entre duzentos e oitenta a duzentos e noventa dias a depender da raça. Após trinta dias da realização da inseminação artificial ou do coito é possível realizar um exame clínico para verificar se o animal está de fato  gestante. Após sessenta dias apenas um médico veterinário capacitado e de sua confiança poderá realizar a verificação que consiste, a essa altura, no ato de apalpar os órgãos genitais da fêmea.

Caso a vaca efetivamente esteja prenha é preciso que o criador não a retire do convívio com o seu rebanho, vacas em período de lactação devem permanecer no rebanho. Estes animais devem ser retirados do rebanho apenas quando estiverem prestes a dar à luz, cerca de dois meses antes.

Fonte: portaldosanimais.com.br/curiosidades/reproducao-da-vaca

Deixe seu comentário...

%d blogueiros gostam disto: