notícias

Agentes do Ibama identificaram madeira ilegal em 17 serrarias de Roraima

Agentes do Ibama identificaram madeira sem origem legal em 17 das 18 serrarias inspecionadas em quatro municípios de Roraima: Rorainópolis, Caracaraí, São Luiz e São João da Baliza. Foram apreendidos 4.118,53 metros cúbicos de madeira, que equivalem à carga de pelo menos 200 caminhões adaptados para transporte do produto. A operação de fiscalização teve apoio das Polícias Civil e Militar do estado.

Os agentes ambientais embargaram área de 572,93 hectares explorada ilegalmente e quatro empresas. Foram aplicados 43 autos de infração, que totalizam R$ 6,63 milhões.

Em uma das vistorias, foram encontradas 1.881 toras nativas escondidas na mata ao fundo da empresa. A equipe de fiscalização estima que outras 2 mil toras estejam ocultas sob o pó da serragem. O estabelecimento foi autuado por dificultar a ação de fiscalização, apresentar informações falsas e lançar de resíduos sólidos a céu aberto.

A segunda fase da operação, iniciada no fim de fevereiro, tem como objetivo identificar os fornecedores e as áreas de onde a madeira ilegal foi extraída.

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) relacionados:

Fonte: www.ibama.gov.br/noticias/730-2019/1909-ibama-identifica-madeira-ilegal-em-17-serrarias-de-rr

Deixe seu comentário...

%d blogueiros gostam disto: