notícias

Ibama identifica comércio irregular de 4 mil metros cúbicos de madeira em MG

Operação realizada pelo Ibama para combater fraudes em sistemas oficias de controle permitiu a identificação de 4 mil metros cúbicos de madeira serrada comercializados ilegalmente em Minas Gerais.

Foram vistoriadas 37 madeireiras em 29 municípios do estado. Entre as irregularidades mais comuns estavam a emissão de guias de transporte com rotas inviáveis, empreendimentos funcionando sem registro e comércio de resíduos de madeira.

Agentes ambientais emitiram 31 notificações e 25 autos de infração, que totalizam R$ 194 mil, além de apreender 73,65 metros cúbicos de madeira serrada.

As vistorias foram planejadas a partir da auditoria de três sistemas controle: Sistema do Documento de Origem Florestal (SisDOF), Sistema de Comercialização e Transporte de Produtos Florestais (Sisflora) e Sistema Integrado de Informação Ambiental (Siam).

As fraudes detectadas pelo Ibama tinham como objetivo tornar aparentemente legais produtos extraídos da floresta amazônica de forma não sustentável.

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) relacionados:

Fonte: www.ibama.gov.br/noticias/730-2019/1942-ibama-identifica-comercio-irregular-de-4-mil-metros-cubicos-de-madeira-em-mg

Deixe seu comentário...

%d blogueiros gostam disto: